quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Vice City Stories - Parte 24


Vic passou a noite sem dormir pensando nos momentos delicados que com certeza viveria a partir daquela noite. Ele apenas espera amanhecer para ir até a casa de Lance. Talvez seu irmão já tivesse pensado em algo para usar de contra-ataque. Vic entra na casa e vê Phil Cassidy na sala, em uma espécie de yoga, segurando uma submetralhadora em uma mão e uma pistola em outra. Ao ver Vic na sala, Phil levanta os braços e fica feliz ao ver seu velho amigo:

 Camarada! Venha aqui!

 O que você está fazendo aqui? – Vic fica surpreso.

 Ouvi que vai haver uma festa, então eu trouxe os fogos! – Phil responde, empolgado.

 Cadê o Lance? – Vic pergunta.

 Eu adoro esse cara! É isso aí! – Phil aparentemente estava bêbado, como sempre.

Vic abre a porta da sala e entram Umberto Robina com um ajudante e Lance.

 Aí está ele, hahaha! Victor Vance, o cara que precisa da nossa ajuda! Cresceu alguns cojones em você, seu viado? Vem aqui, Vic! – Umberto provoca e depois puxa Vic para um abraço.

 E aí, cara! – Vic fica feliz em ver Umberto.

 Seu irmão, cara. Pelo menos um de vocês tem um pouco em cima e um monte aqui embaixo, hein? Hahahaha! – Umberto tenta pegar o saco de Vic.

 Então, se vocês já estiverem prontos, vamos começar! – Lance diz a todos.

 Ei, Lance, vem cá... – Vic chama Lance – O que está acontecendo?

 Nós vamos ser atacados pelos homens dos Mendez, então achei que poderíamos usar seus amigos para acabar com a festa! – Lance diz – Para ajudar! Eu fiz errado de novo?

 Não, não, não, não, cara. Pela primeira vez você acertou e muito. Vamos pegar aqueles merdões! – Vic se empolga e abraça o irmão.

 É isso aí, vamos detonar, hahaha! – Lance chama todos para irem para a rua.

 Nós devemos nos separar e ocupar o maior espaço que pudermos! – Vic diz, já na garagem – Avisem se precisarem de ajuda.

Sua ideia era de ele e Lance irem em um carro e os outros irem para outros possíveis lugares que seriam atacados. Os alvos com certeza deveriam ser as propriedades do império de Vic, como seu prostíbulo, casas de apostas, escritórios, bocas de fumo, etc. Phil e Umberto entram em uma caminhonete e seguem para proteger os prédios de Vic perto de seus bairros, como Viceport e Little Havana, aproveitando seus homens. Lance e Vic ficam perto de Washington Beach mesmo, iriam proteger os locais próximos a eles e a casa de Lance.

 Espere um pouco, para isso preciso de uma artilharia pesada... – Lance diz, vai até o porta-malas de seu carro e tira um grande fuzil – Olá, senhor M-4! M de Motherfucker! É isso aí! Vamos lá!

Logo ali perto, vários carros com homens dos Mendez já estavam atacando um prostíbulo recém-adquirido por Vic. Os funcionários do prédio tentavam se defender, mas eram poucos. Vic e Lance se aproximam de carro e passam por cima de quem queria tomar o lugar. Lance apoia seu fuzil na janela e atira incessantemente na direção dos invasores. Ele acaba com grande parte deles. Vic recebe um chamado de outro estabelecimento, um laboratório de drogas perto dali.

 Cara, nós somos os reis da cidade. Vamos pegar esses outros logo! Você viu eu pegando todo mundo? – Lance se empolga dentro do carro.

Logo chegam ao local e a mesma situação estava ocorrendo. Vic e Lance ajudam seus funcionários a se livrarem de invasores. As ruas de Vice City viram uma verdadeira praça de guerra naquela manhã e rapidamente ficam desertas. E os Vances estavam vencendo a guerra. Isso fazia Lance se exaltar e disputar mortes com Vic, o que começava a irritá-lo. Perto dali, outro carro tentava tomar negócios de Vic, dessa vez seu escritório de agiotagem. Vic atira de longe  para eliminar todos, já que de onde estava dava para ver o próximo prédio, que ficava na rua lateral. Após todos morreram, parecia não haver mais movimentação de invasores naquela parte da cidade.

 Acabei de receber uma mensagem de Umberto e Phil. Eles detonaram igual a gente! – Lance diz.

– Isso significa que a gente conseguiu? A gente venceu? – Vic se empolga.

 Sim, os irmãos Mendez podem beijar a minha bunda! Eles acharam que podiam pegar a gente! – Lance responde.

 Isso não acabou ainda... – Vic volta ao seu estado normal.

 Eles estão acabados! A gente deveria ir para a luta com eles! – Lance ainda está empolgado – E eu conheço o cara certo para fazer isso acontecer.

Lance entra em seu carro e volta para casa. Vic decide ir para seu apartamento próximo dali. Era necessário fugir da polícia, que já chegava em peso para averiguar a guerra de gangues nas ruas da cidade. Pela televisão, Vic vê todos os jornais cobrindo as mortes de membros do conhecido Mendez Cartel. Até agora, a organização criminosa de Vic Vance ainda não havia sido divulgada pela mídia, que focava apenas nos tradicionais barões do tráfico, como Mendez, Cortez e Díaz. A polícia não ousava montar missões de apreensão desses mafiosos, pois não possuía estrutura para lutar contra todo o crime organizado que envolvia essa tríade do tráfico.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário